A luta no Brasil para erradicar doenças contagiosas

Já faz mais de um século que ocorreu a primeira campanha de vacinação em massa feita no Brasil, sob a responsabilidade do médico Oswaldo Cruz, um dos mais importantes ativistas na área da saúde, no País. O objetivo foi de controlar o surto da varíola, que então acometia a população do Rio de Janeiro. 

Já em setembro de 1973, foi criado o Programa Nacional de Imunização, PNI. O Brasil conseguiu controlar muitas doenças por meio da vacinação nos últimos quarenta anos.

Estratégias diversas, como campanhas, rotina e bloqueios erradicaram doenças como a varíola em 1973 e a poliomielite em 1989, a febre amarela urbana e controlaram o sarampo, o tétano neonatal, as formas graves da tuberculose, a difteria, o tétano acidental, a coqueluche, as infecções pelo Haemophilus influenzae tipo b, da rubéola e da síndrome da rubéola congênita, da hepatite B, da influenza( gripe) e suas complicações nos adultos acima de 60 anos, e das infecções pneumocócicas.